Analista de Operações Offshore
Financial Services
São Paulo São Paulo Dec 21, 2020

Estamos buscando um(a) profissional para atuar como analista de operações offshore pleno, atuando com a gestão de mais de 66 fundos para uma grande seguradora.

Descrição da área:

A area possui o objetivo de realizar a gestão de recursos oriundos de capital próprio (caixa das empresas do grupo) e de terceiros (clientes que investem diretamente nos fundos da gestora). Atualmente realiza a gestão de 66 fundos de investimento e 21 carteiras administradas, com um total de ativos sob gestão da ordem de R$ 22 bi.

A área na qual o profissional irá atuar denomina-se Suporte Operacional, que corresponde ao Back-Office da gestora e é responsável por garantir a correta liquidação das operações executadas pela Mesa de Operações, além de realizar uma série de controles que visem a correta geração de informações, atuando tanto no mercado doméstico quanto offshore.

Pré-requisitos:

Conhecimento de produtos financeiros (fundos de investimento, renda fixa, renda variável, derivativos), em especial os transacionados no mercado internacional (equities, bonds, derivatives (listed e OTC), ETFs, etc.)

Familiaridade com abertura de fundos offshore, bem como abertura de contas em brokers

Experiência com confecção de contratos ISDA para operar derivativos de balcão

Experiência em atividades típicas de back-office de instituições financeiras e gestora de ativos

Familiaridade com pacote Office, em especial o Excel

Conhecimento de matemática financeira

Fluência no idioma inglês

 

 

Diferenciais:

Excel avançado, com uso de programação

 

 

Principais atividades:

Validação das carteiras dos fundos offshore e consequentemente do PL (NAV), cota (NAV per share) e rentabilidade.

Receber e registrar as operações financeiras originadas da mesa de operações, tanto nos sistemas internos quanto externos, garantindo que sejam devidamente liquidadas junto ao custodiante ou corretora, bem como devidamente registrados na carteira do fundo junto ao administrador offshore.

Ser o ponto focal da asset com os parceiros externos, tais como brokers, administradores de fundos, custodiantes, instituições bancárias, auditores, órgãos reguladores e escritórios de advocacia.

Realizar cadastramento de novos fundos offshore, bem como promover abertura de contas e celebração de contratos visando tornar o veículo operacional.

Auxiliar nos processos de automação de processos, procurando identificar potenciais focos de melhoria operacional, com utilização de ferramentas de microinformática (Excel, Access, etc.) ou outras que possibilitem ganho de eficiência e redução de riscos operacionais.